Segunda-feira, 17 de Dezembro de 2007
"PALMELA"

 

                    Palmela moira encantada

                    Guarda em si tantos segredos

                    Pelo "tejo" e o "Sado" é cobiçada

                    De ambos se sente enamorada

                    Vive rodeada dos seus vinhedos

-

                          O seu castelo varanda triunfante

                     Pela festa das vindimas se embeleza

                     Pelas ameias sempre vigilante

                     É ele que tambem lhe garante

                     As visitas que Palmela muito preza

-

                     Afonso Henriques a conquistou

                      Esta moira vistosa e muito bela

                      E nem sequer o nome lhe modou

                      Decerto porque tambem gostou

                      Deste bonito nome que tem Palmela

-

                      Hoje mais cosmopolita e moderna

                      Mantendo o traçado original 

                            Usando da boa influência externa

                      O antigo com o moderno alterna

                      Esta bonita vila de portugal.  

-

                                     Josémanangão                              

     

 

\



publicado por POESIA-NO-POPULAR às 21:48
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim
.Agosto 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


.posts recentes

. BRINCADEIRA

. DESGARRADA POÉTICA POPULA...

. "SER CRIANÇA"

. POESIA A MOTE

. MEUS DEDOS

. POESIA -A- MOTE

. NO OUTONO DA VIDA

. "DESGARRADA POÉTICA"

. CONTINUAÇÃO DO POST ANTER...

. "CULTURA POPULAR"

.arquivos

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

.favoritos

. DVD de ALFREDO MARCENEIR...

.links
.as minhas fotos
.pesquisar
 
blogs SAPO
.subscrever feeds